segunda-feira, março 27, 2006

CHOQUINHOS À MODA D'AQUI


Saborosissimos os capturados na ria Formosa e no estuário do Sado.Longe vão os tempos em que com um grupo de amigos,furtivamente e por vezes de noite,a coberto da escuridão(as autoridades maritimas não permitiam este tipo de pesca),encharcados até aos ossos(quem corre por gosto...),puxavamos o "chinchorro"na maioria das vezes bem recheado destes preciosos moluscos.Estas noctívagas e fugidias pescarias,eram pretexto para uma excelente almoçarada,normalmente,bem afogada com o suave e escorregadio tintol da região,e prolongada na maior parte das vezes,muito para além do anoitecer.Enfim...outros tempos.
Se não tem quem lhe ofereça os choquinhos,e se não os vai pescar,só tem uma hipótese,é comprá-los!E aqui é que a porca torce o rabo!Ou conhece bem o peixeiro,ou conhece bem os chocos,ou tem de confiar na sorte.Se estes forem frescos,tudo bem,mas se já estiveram congelados antes de irem para a"pedra",bem pode dizer adeus à tinta.E atenção!Ter os chocos muito mascarrados não é sinónimo de frescura,basta a tinta de apenas um choco fresco para "pintar"uma caixa inteira,e há vendedores eximios nessa arte.Mas não se preocupe muito porque mesmo sem tinta continuam a ser uma delicia.
Se forem choquinhos da pesca de "arrasto"é muito provável que contenham areia,o que se vai tornar muito desagradável,por isso com uma faca,faça um corte na parte inferior do "saco"e encoste a parte superior à torneira,forçando a água a sair arrastando a areia pelo corte anteriormente efectuado.
A confecção é muito simples,com poucos ingredientes,apenas chocos,azeite,alho,louro,sal e pimenta.
Num tacho deite o azeite generosamente,dentes de alho esmurrados,e quando começarem a fritar junte os chocos,louro,sal(pouco porque os choquinhos já são um pouco salgados)e pimenta,escusado será dizer que a pimenta é moída na altura(para mim não existe outro tipo de pimenta)se não possui um moinho,tem que pensar em adquirir um,ou dois porque o sal também precisa,é mais saudável o sal moído por si do que o comprado já refinado,e se não acredita pegue num pacote de sal"normal"e num de sal refinado,leia a composição de um,e de outro, e depois diga-me que conclusão tirou.
Depois tape o tachinho e deixe cozer,nesta fase,devido à libertação da água existente nos chocos,estes não estão a fritar mas sim a estufar,vá destapando de vez em quando,dê uma mexidela e vá controlando o andamento da operação,quando a água desaparecer e ficar apenas o azeite,estão prontos.Agora é salpicar com coentros picados(se gostar)ou salsa,e acompanhe com batatas cozidas e uma saladinha de tomate e alface.

8 comentários:

Santa Cita disse...

Desconhecia essa do loiro. Tudo igual menos o tal do fulano.
Habitualmente passo no liquificador um gole de azeite, uns dentitos de alho, salsa e um pouquito de manteiga e tempero com esta molhanga as batatitas coziditas com a pele

Sandra disse...

Não conheço o choco mas conheço o peixeiro ;) Mas eu não gosto da tinta...
Também faço assim mas não tapava a panela e ficava frito. Vou experimentar!

Amélia disse...

Obrigada.
Estava a ver se fazia uma surpresa cá em casa, mas não dá. Aqui por Lisboa não estou a ver... comprei uma vez uns choquinhos que foram para o lixo porque cheiravam a coisa que já não é boa.
Acho que vou ter que aguardar pelas férias no Algarve, talvez vá a Querteira à praça, onde já comprámos ovas que é uma delícia.
Muito obrigada Mestre!

EMN disse...

Adoro choquinhos (de qualquer maneira), prefiro sem tinta mas se lá tiver a tinta também vai, não sou esquesita. hehehehe
Também sou adepta dos moínhos e não faço de outra meneira.

bigado mestre!

emn***

Inha disse...

A que horas eu vim aqui...
Também adoro o acompanhamento com batatinhas c/casca, como se diz cá no Norte.

Deixo-te este link onde podes ver as especialidades aqui da minha zona:

http://arquivo.rtam.pt/domingosgastronomicos2002/dg-esposende.html

Não sou apreciadora da lampreia, mas das clarinhas...ham...

Luis O disse...

Também gosto do sal moído na hora... Mas aquela salinidade toda corroí a parte metálica do moinho num instante :-(

Sorrisos da minha Alma disse...

Não vou desgrudar deste blog enquanto não o ler todinho :-)

O Chaparro disse...

muito bom.