quinta-feira, março 02, 2006

CROQUETES DE BACALHAU

Na zona norte são conhecidos por bolinhos de bacalhau.De confecção muito simples,se forem seguidas algumas regras básicas.Depois de muitos croquetes(uns bons,outros nem por isso)estou em condições de vos dar dicas para o sucesso destes pastelinhos que,na maioria das vezes,só fazemos porque de uma refeição nos sobrou bacalhau e batatas.
1º-As batatas devem ser cozidas inteiras.Aliás,é uma regra que devem seguir sempre.Experimentem e verão que o sabor de uma batata cozida inteira é muito melhor do que uma que foi cortada em vários pedaços.quando cozidas devem ser imediatamente retiradas da água.
2º-Utilizem apenas um garfo para desfazer as batatas e o bacalhau.Num prato ou travessa vao manualmente migando estes dois ingredientes(Com a técnica de desfiar o peixe enrolado num pano,só temos o sabor,não"sentimos"os bocadinhos de bacalhau).Não utilizem a varinha mágica(excepto se ela for mesmo mágica),porque é um desastre.
3º-juntem cebola e salsa picada(nada de refogados).
Finalmente,juntem ao preparado pimenta,um ou dois ovos,dependendo da quantidade da massa.Se juntarem ovos demais,os croquetes ficarão muito moles e desfar-se-ão ao fritar.Se isso acontecer,há sempre a hipótese de incorporar farinha,o que deve ser evitado.
Agora,é moldar os pastéis com duas colheres e fritar em óleo bem quente.
Vão ver que,se seguirem estas regras os croquetes ficarão deliciosos.Por vezes,quando me sobra grão e cenoura,misturo também e ficam óptimos.

20 comentários:

Gambozina disse...

Oh Kuka, claro que gosto de animais!! Já tive três cães, imensos pássaros, peixes, tartarugas, etc. Não era capaz de lhes fazer qualquer maldade. Mas assim como as pessoas se mascaram, estes cães ficavam muito giros com máscaras de carnaval, quanto a mim, muito bem feitas!
Croquetes de bacalhau?!? Nunca na vida pensei chamar-lhes assim. É engraçado a diferença Sul/Norte. Para mim são mesmo bolinhos de bacalhau e são óptimos. Obrigada pela receita, nem são dificeis de fazer!

Ligia disse...

Kuka,

Obrigado pela tua visita e comentário n´As Minha Receitas!

Os meus parabéns pelo teu Blog Culinário!

Espero passar por cá mais vezes assim como espero a tua visita!

Podes contar com o nosso link!

Bjks da ligia

PS: Podes tb visitar-nos em:
http://umsonhochamadomatilde.blogspot.com/
ou
http://aminhatshirt.blogspot.com/

Elvira disse...

A minha mãe fá-los como ninguém! :-)

Santa Cita disse...

Nem bolinhos, nem croquetes. aqui no centro, pelo menos em Tomar, nao sei se em Ourém também (como é Elvira?) são chamados pelo seu "verdadeiro" nome: pastéis de bacalhau, pois então!

kuka disse...

Por isso na receita também lhes chamo pastéis.E tal como tu,também acho que é o verdadeiro nome.

Zefinha disse...

Olá Kuka!
Li o seu recadinho no meu blog de culinária

http://www.culinariadazefinha.blogger.com.br/

E deixei um recadinho pra você lá!

Não deixei de conferir, tá?

Um grande abraço

Zefinha disse...

Olá Kuka!
Li o seu recadinho no meu blog de culinária

http://www.culinariadazefinha.blogger.com.br/

E deixei um recadinho pra você lá!

Não deixei de conferir, tá?

Um grande abraço

Didas disse...

Estes eu faço porreirinhos! :) Pataniscas também!

Nina disse...

:)

Beijinhos

Dishti disse...

HUM HUM, JÁ COMIA JOKINHAS DE DISHTI E TIAGO

eu disse...

Na minha terra chamam-lhe pastéis de bacalhau. Bjs

boss disse...

a ESTA HORA DA MANHÃ JÁ COMEÇO A TER AGUA NA BOCA

alyia disse...

Eu só de vir a este blog engordo logo uns 100kg kredoooo :)

pluma(princesavirtual) disse...

Caro chefe kuka;

pois na minha terra e dos meus pais tb é «pasteis de bacalhau», que por sinal adoro...

beijos(recatados) da Princesa (cabrona!!!!) :D

PS chanfanas??? blheccccc...

Xixas disse...

Mestre, é tudo muito bom. É tudo uma inspiração para mim que vivo sozinho. Muito obrigado!

Tareca disse...

Pois pra mim são pastéis de bacalhau e acabou-se.
Faço-os exactamente como o mestre Kuka (querem ver que tb sou mestre!!!!)
Mas vou ensinar-vos o meu truque para desfiar o bacalhau, rápido e fácil (oh pra mim toda vaidosa a ensinar).
Passo o bacalhau pelo passe-vite. Obviamente não passa para baixo, mas fica dentro do passe-vite todo desfiadinho.

kuka disse...

Tareca,é a mesma técnica de enrolar o bacalhau num pano e esfregá-lo para desfiar.Depois não "sentes"bacalhau nos pastéis.Melhor lascá-lo.

Tareca disse...

Mas a Tareca é um cadito (só um cadito) espertinha e deixa um bocadinho de bacalhau aos bocadinhos, não desfia todo.

kuka disse...

E o passe-vite?quem lava?lá se foi a esperteza!

Tareca disse...

A esperteza? Eu avisei! Eu disse ... só um cadito!