segunda-feira, março 06, 2006

O OUTRO ARROZ

Em azeite,refoga sem alourar,cebola e alho picados(cuidado com a quantidade de azeite para que o arroz não fique muito gordo.Se pretender,nesta altura pode juntar outro,ou outros ingredientes ao refogado tais como,tomate,cenoura,grão(cozido),feijão(cozido),etc,etc.Lava bem o arroz,escorre e junta ao refogado,salteando mais ou menos um minutinho,até que absorva o azeite e fique translucido,enquanto mexe.
Agora adiciona água fervente(enquanto confecciona o arroz,deve ter sempre uma panela com água no fogão)normalmente o dobro do volume do arroz,mexe bem e tempera com sal,pimenta ou piri-piri e quando a água secar(em principio está cozido)pode apagar o lume.Se estiver um pouco duro pode deixar com o tacho tapado que acabará de cozer.Se acha que está a ficar mole espalhe o arroz num tabuleiro para que arrefeça um pouco e interrompa a cozedura.
Depois de cozido pode juntar umas nozinhas de manteiga e mexer bem com um garfo(de preferência grande).
O arroz que melhores resultados me tem dado para este tipo de confecção é o "agulha".Para pratos em que precisa de ser macio(arroz doce,por exemplo)gosto mais do "carolino".

2 comentários:

Rui Pedro disse...

É como costumo fazer! (Acho que é a maneira indiana, por oposição ao método crioulo que apresentou no post anterior.) Mas normalmente ponho a mesma quantidade de água e deixo cozinhar tapadinho e no lume mesmo no mínimo, deixando a descansar um bocado, depois de desaparecer a água e desligar o lume. O argumento que deu para justificar a lavagem do arroz no post anterior parece-me de peso.

Liliana disse...

Já provei e gostei...

Obrigada por este blof tão útil para as modernas donas de casa deseperadas... tipo eu!!!!


www.apicas.blogspot.com