quarta-feira, maio 31, 2006

CANJA DE CONDELIPAS,OU DE AMEIJOAS,OU DE...berbigões



Estes bivalves,são conhecidos por este nome apenas na região de Lagos.Na época do Marquês de Pombal,esteve durante algum tempo na cidade,o"conde de Lipe",Oficial Alemão que adorava conquilhas,gostava tanto que chegava a mandar os seus soldados para a meia-praia,fazer a apanha deste marisco,que comia desalmadamente.A partir daqui,na cidade de Lagos,ficaram as conquilhas a ser conhecidas pelo nome de:condelipas.

Na minha juventude,deslocava-me frequentemente com amigos,à praia da Fonte da Telha,com o propósito de apanhar conquilhas,nessa zona eram(e penso que ainda são),chamadas de:"cadelinhas"(desconheço a origem do nome).
E lá ía-mos nós,dar ao rabo,para a Fonte da Telha.O Zé Correia(algarvio dos 4 costados),invariávelmente exclamava:PARECE UMA CALÇADA!Na verdade sentiam-se debaixo dos nossos pés,sob a areia,como se de pedrinhas se tratasse.Passado pouco tempo tinhamos um balde cheio de enormes e luzidias cadelinhas que o Zé Correia, mais tarde,abria com presunto,chouriço e mais umas vitualhas de que já não me recordo.
Tempo depois,começaram a capturá-las com "arrastos"puxados por animais(cavalos e mulas),e mais tarde,até com tractores agricolas.Penso que acabaram com a raça das cadelinhas.Ou pelo menos já deve haver muito poucas.

Nós aqui no Algarve,fazemos uma sopa de comer e chorar por mais: Abrem-se as conquilhas ou amêijoas em água.Separam-se as cascas e reserva-se o marisco e a água.
Refoga levemente,cebola picada em azeite,lava um punhado de arroz e salteia no refogado com a cebola,Junta a água quente,resultante da abertura do marisco.Se for insuficiente acrescenta mais água aquecida,cuidado com o sal,não se descuide porque a água de abrir os bivalves já contém sal que estes libertaram ao abrir.Quando o arroz estiver cozido,junta o miolo dos bivalves, coentros picados,e vai rápidamente para a mesa que a sopa é para ser comida assim. Quentinha!

Originalmente era o arroz cozido e no final metiam-se os bivalves para que abrissem,mas como não gosto de cascas no arroz,abro-os primeiro.
É de uma simplicidade extraordinária esta canja,(marisco,cebola,azeite,arroz,água,coentros e sal)e deliciosa. Como estou em regime de contenção de despesas,usei berbigões.Saborosíssimos!

34 comentários:

Didas disse...

Mais uma cena que eu nunca provei. Ouvi dizer que têm um duração curtíssima fora de água.

O Chaparro disse...

adoro berbigão e parece-me uma boa sopa mas ainda assim prefiro o berbigão aberto na chapa só com sumo de limão. mas vou fazer a sopa.
No outro dia fiz os perceves como puseste no blog: é mesmo bom!

Tareca disse...

Isto não é normal!
Kuka, tu não estás bem. pois não? Para me fazeres uma maldade destas, só pode.
As condelipas, a meia-praia (a minha praia preferida) ...eu morro de saudades.
Mas fica sabendo, que montes de gente na Fonte da Telha tb já sabe que às cadelinhas tb se chama condelipas! Eu já me encarreguei de os educar (tenho lá uma casota). Por lá tb há algumas, embora poucas, este ano a colheita não tem sido má.
Bigada Kuka, por estes miminhos.

Mónica disse...

pois é Kuka... eu confirmo

já são muito poucas na Fonte da Telha :-/

Sandra J. disse...

E eu que não aprecio bichos com conchas...

Baby disse...

Outra tentação, Kuka, tu delicias-nos com coisas boas...
Venho dizer-te que já experimentei a "galinha do mar" à tua maneira e ficou realmente BOA... Ah! e não queres dizer-me, mesmo que seja por email, onde é o teu restaurante? Gostava de poder provar os teus cozinhados.
Bjs,
Baby

NoKas disse...

olá olá! acabei de descobrir o teu blog através de um comentário que fizeste no cinzento de bruxelas! que porreiro encontrar um sítio onde posso espreitar receitas e assim inovar tb um pouco na minha cozinha, em bruxelas plantada! vou voltar mais vezes! parabéns e bom apetite!

Paula disse...

Deve ser um regalo, essa canjinha!

Amélia disse...

Ai Chef, já estou com água na boca, por essa canja.
:O)

Pluma(princesavirtual) disse...

Kukinhaaa sabes que eu também ia para a fonte da telha em miuda apanhar as «cadelinhas» com os meus pais???!!!
Gosto das tuas descricções como entrada para as tuas receitas...tudo junto fica uma delicia???

Achas que em Faro consigo comer essa canja???

Ou é de alguma zona especifica do Alagarve???

Beijosss da tua (salvo seja) Princesa (beijos recatados tá claro)

dicas da zefinha disse...

Kuka....
Você me fez voltar a infância. Não sei se você sabe, mas sou filha e netas de espanhois e meu avô (abuelo) fazia um arroz com ameijoas.... Ai que saudades!
Obrigada pela visita no www.culinariadazefinha.blogger.com.br

Um gande abraço

dicas da zefinha disse...

Kuka....
Você me fez voltar a infância. Não sei se você sabe, mas sou filha e netas de espanhois e meu avô (abuelo) fazia um arroz com ameijoas.... Ai que saudades!
Obrigada pela visita no www.culinariadazefinha.blogger.com.br

Um gande abraço

dicas da zefinha disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Paula Nogueira disse...

Ora agora sim, foste buscar a palavra mághica: marisco!!!
É desses bicharocos que eu gosto... então daqueles de bigodes... minha nossa... gambas/camarões e F1 é do melhor para se passar um bom serão...

kuka disse...

Pois é Didas!é talvez o bivalve(dos que eu conheço)mais sensivel-Faz a sopa que vais ver que é muito boa.É evidente que não podes deixar os berbigões cozer.Quando abrem a concha retiras do lume imediatamente.
-Tareca.Desculpa lá esta!
-Pois é Mónica,infelizmente.
-Sandra!eu também não aprecio muito as conchas!mas não precisas comê-las!comes só o miolo.lol!
-Baby,por enquanto não me parece boa ideia.
-Nokas,Apanha-me aí uma lagosta,que eu ponho-a a suar.
-Paula,faz a sopa e vais ver como é boa mesmo.
-Amélia se já tens água na boca,é meio caminho andado.É só meteres o arroz e os mariscos.
-Princesinha,acho que é feita por todo o Algarve,em Faro existem muitos restaurantes que fazem a canja.
-Pois é Zefinha!embora nós(Portugueses em geral)pensemos que a cozinha Espanhola não é boa,a verdade é que ela é mesmo uma das melhores do mundo.
-Paula,não compreendo muito a que te referes quando falas em bicharocos de bigodes,serão os camarões?ou...

kuka disse...

Chaparro vai apanhar os berbigões para a ria e depois faz a sopinha que vais ver.E comer.

kuka disse...

Tareca,meia-praia?pensei que era mais...ria de Alvor.

Al Mutamid disse...

Este kuka faz-nos crescer água na boca!!!
E que tal saborear as conquilhas com estes adornos?
Tou convencido que nem homens nem mulheres vão reclamar.

Tareca disse...

rio d'alvor é mais pró bribigão, pá condelipa é a meia praia.

(tás desculpado pelas maldades)

kuka disse...

É verdade maçariko,mas gosto mais ao natural.
Tareca,claro que sei isso!só que tinha a ideia(errada)que vomeçês frequentavam a ria,mas essa é dos indigenas da povoação seguinte.E não há lá condelipas mas há excelentes ameijoas,e "brebigõeje"como diz a minha prima.

O Chaparro disse...

bom fim d semana

Mónica disse...

o que hoje me lembrei de si, Kuka!

tive na Fonte da Telha e apanhei umas quantas conquilhas

;-)

kuka disse...

Então é fazer um petisco com elas,e postar no blog.

Mel disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
oquefazerprojantar disse...

nunca comi berbigão dessa maneira e fiquei cheia de curiosidade! Vou experimentar.

Mel disse...

Já está apagado amigo.
E obrigada por continuares a ir lá.
Olha, e que tal a receita de uma cataplana?
Cada vez que me lembro do algarve, morei aí uma data de anos, vem-me sempre à meméria os croissants de amêndoa...Ai, ai...

Daniela Mann disse...

Não imaginava que existisse canja sem ser de frango!
Deve ser muito boa.

Anónimo disse...

A origem do nome "cadelinhas" também é muito curiosa. No último quartel do séc XIX viveu na Fonte da Telha (aliás, mais rigorosamente, na zona da actual praia 19) uma cadela que adorava conquilhas, de seu nome Fofinha. A Fofinha obrigava os seus pretendentes a oferecerem-lhe conquilhas e era vê-los às dúzias a darem às patinhas no areal, juntando as preciosas conquilhas num cesto de vime que os seus donos faziam e que lhes penduravam ao pescoço. A Fofinha devorava desalmadamente as oferendas. As gentes daquelas praias passaram a chamar "cadelinhas" a este popular marisco.

Desconheço a origem do nome "conquilha".

Felisberto

kuka disse...

Essa é boa!Lol!sempre existe quem tenha sentido de humor.Obrigado pela bonita história,sr Felisberto Anónimo.

Anónimo disse...

Obrigado pelas suas receitas, pela sua boa disposição, e também pelo elogio. A minha historinha é uma fantasia e também um plágio malandro do relato que o Kuka partilhou com os seus leitores.

Felisberto

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

musalia disse...

olá:) que surpresa! devo dizer ao 'o chaparro' que berbigão não é condelipa!!! condelipa é ao que aqui em Lisboa se chama conquilha! e apanha-se (ou apanhava-se) à beira mar, fazendo rodar o pé na areia, desenterrando, assim, a condelipa. a minha mãe fazia um arroz (não sopa) deliciosa, além de rissóis! uma maravilha! também se faz o 'xerém', ou papas de milho na água em que se abriu a condipa, é uma especialidade algarvia.

e Kuka, se me permite, a condelipa não existe apenas na zona de Lagos. eu cresci no Algarve e desde sempre passei férias na Prainha (perto de Alvor) e era aí que nós as apanhávamos.

obrigada por me fazer reviver a infância!:)

Anónimo disse...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

Anónimo disse...

I find some information here.