terça-feira, abril 04, 2006

PIQUES À MODA DA MINHA AVÓ ADELINA



São nostálgicas memórias de infância,minha avó peneirando a farinha de trigo,saída de um dos dois moinhos da aldeia,separava assim,a alva e pura farinha,(com a qual confeccionava em forno de lenha,o delicioso e precioso pão semanal)do farelo,que amassado com figos e água,complementava a alimentação do bácoro que engordava num pequeno pocilgo,ao fundo do quintal.Por alturas do mês da "Festa"(assim se chama ao Natal,por estas bandas)era o porquito,protagonista de um acontecimento para ele irrepetivel,que era,o"espectáculo"da sua própria morte.Depois de esquartejado e feito em pedaços,eram os nacos de carne com osso,e as morcelas grossas,salgados em grandes e vermelhuscos potes de barro,onde permaneciam durante largos meses.Chouriços e morcelas depois de enfiados em canas da ribeira,encimavam o lar onde crepitavam os retorcidos troncos de enegrecidas estevas,sob tisnadas panelas de ferro.Assim,os enchidos recebiam o fumo que as conservava durante muito tempo,por vezes até à próxima matança.Mas havia aquilo que fazia as minhas delicias gastronómicas.Os "piques"que noutras paragens,chamar-se-ão:"rojões".Permaneciam escondidos na banha,feita das gorduras derretidas do "pórque"(é assim que se pronuncia no Algarve,exactamente como em inglês),que os conservava durante largos meses.Hoje não se conserva durante tanto tempo,penso que devido á alimentação dos animais.

Compre carne de porco,da perna,é muito mais saborosa e mais barata que a do lombo,que é seca e desenxabida.Corte-a em cubos regulares,de mais ou menos 1 cm de lado,tempere com sal,pimenta,alho esmagado(não desfeito),pimentão doce,louro,massa de pimento e vinho branco.Deixe a marinar por algumas horas.Derreta banha de porco,e mergulhe aí a carne e o líquido da marinada,deixe cozer em lume brando para que a carne amacie.Quando ficar apenas a banha e os outros liquidos se tenham evaporado,está pronto.Neste momento tem que ter cuidado para não deixar queimar os piques.Pode guardá-los no frigorifico,tapados com a respectiva banha e comer quando lhe apetecer,aquecendo apenas a quantidade necessária.Pode fazer carne à Alentejana ou comer assim mesmo,acompanhada com fritas e um ovinho estrelado.

16 comentários:

O Chaparro disse...

bem bom. com ameijoas tbem.

Dra. Daniela Mann disse...

Olá Kuka, eu já descobri porque é que a sua página abre com erros! Alguma pessoas estão com o mesmo problema por usarem uma versão mais antiga do Windows 98!
A 5.5, ou a 6.0 qq coisa. O windows XP abre na perfeição, ou então os outros sevidores como OPERA ou Fire Fox!
Se tiver a possibilidade de actualizar o seu windows ou mesmo outro servidor, (O fire fox é grátis por download no google e muito eficaz!), poderá abrir a minha página sem problemas! Beijinhos e boas receitas!

piscoiso disse...

Saborosamente impressionado com este blogue.
Até ao momento, julgava que o Lambert do meu blogue era o único da blogosfera portuga, a colocar no blogue aquilo que comia.
Bom apetite.

EMN disse...

Com um aspecto delícioso.... sim senhora. A minha mãe costuma fazer carne de porco à alentejana (muito bom), mas ela faz sempre com a carne do lombo e concordo com o mestre quando diz que é desenxabida. A pernoca é muito mais saborosa...

emn***

Gotinha disse...

O teu fogão já se encontra no http://omeufrigo.blogspot.com/

Foi o teu frigo que estreou o novo template!
:-)

Sandra J. disse...

Parece-me delicioso!
Vou experimentar!
Bjs

Elvira disse...

Não conhecia, mas parece delicioso, Kuka! É tão bom conservar e divulgar estas receitas tradicionais das nossas avós. Obrigada. :-)

Amélia disse...

Também gosto muito de rojões de pórque. Com pikles.
Um abraço.

Dra. Daniela Mann disse...

Olá Kuka, já cosegue mesmo abrir a minha página?
É que existe um grupo de pessoas que está com dificuldade em abrir a página e eu estou a ver se encontro o fio condutor, para resolver este problema!
Eu sei que algumas conseguiram mudando o servidor, mas outras não!
Estou mesmo empenhada em resolver isto e gostaria que me dissesse como é que conseguiu abrir a página sem problemas, para que eu possa ajudar os outros a conseguirem também!
Muito obrigada por tudo e peço desculpa pelo transtorno causado!
Um abração Kuka

Gisa disse...

Bem, ressuscitei o Na Cozinha da Gi mas vendo as delícias que vc publica dá até vergonha das minhas receitas. Obrigada por seu carinho! Beijos

O Chaparro disse...

bom fim de semana, mestre kuka

Nina disse...

Passei para deixar um beijinho e desejar Bom Fim de Semana :)

Anónimo disse...

Ai o que eu gosto dum entaladinho de piques pró lanche com uma "tejala" de café!!!!!

Tareca disse...

a anónima sou eu, ou melhor ... era!

kuka disse...

Ó Tareca!Não me digas que és daqui do Barlavento?

Tareca disse...

Do Barlavento e ... quer-me cá parecer que já devemos ter dado uns bons encontrõe aí por essas ruas. lol

quiçá aí prós lados do Zé do Porco, em dia de compras na praça!!!