terça-feira, abril 25, 2006

OS PERCEBES





Vila do Bispo é,por excelência,a terra do"percebe".
Ainda os primeiros alvores do dia começam a lamber a escarpada falésia e,já um grupo de marisqueiros observa o mar do alto do miradouro da praia da cordoama."Vou-me assomar"é o que dizem quando se dirigem para este excepcional e privilegiado observatório natural.Aqui avaliam as condições do mar e dos ventos e definem estratégias e os locais onde irão"fazer a maré".Se a maresia for muita,nada feito,regressam à Vila.Se as condições do mar permitem a"apanha"o grupo dispersa-se,os que mariscam de barco dirigem-se para o porto da Baleeira,em Sagres,onde a bordo de ágeis e velozes barcos se dirigem para os locais préviamente eleitos.Os outros,a pé descem pelas altas e escarpadas falésias,pendurados em cordas que transportam ao ombro(baraços,é assim que lhes chamam)até chegarem às"pedras"onde em mergulho de apneia ou por cima da rocha à maré baixa,enfrentando a fúria da forte e feroz rebentação,com um olho no mar e o outro nos percebes,"cavam",brandindo as arrelhadas de encontro à rocha,arrancando assim, às negras pedras,os preciosos e apetecidos crustáceos.
São os Guerreiros do Mar.
Se este fosse considerado um desporto,sería com toda a certeza um desporto radical.



Depois de bem lavados para remoção de alguma areia que possam conter,dispõem-se num tacho com sal e água,esta não deve cobrir totalmente o marisco.Quando levantar fervura pegando nas asas do tacho e,com movimentos oscilantes,"voltam-se",fazendo com que os percebes que estavam em baixo passem para a parte superior.Não ferve nem mais um minuto,apaga-se o lume,escorre-se a água e comem-se assim mesmo,quentinhos.

24 comentários:

eu disse...

Esses nunca provei mas já tinha ouvido falar.
Fui aí ao Algarve visitar a famelga e deliciei-me com 2 coisas: o folar algarvio e os croissants de amêndoa da Beira Mar em Quarteira. Uma verdadeira iguaria.
Ainda ontem disse ao meu marido que quando me quisesse oferecer alguma coisa que me oferecesse um cursito de culinária. Não daqueles básicos para aprender a fazer sopa!! Daqueles que ensinam a fazer coisas giras e diferentes. Mas onde???
Não se ouve falar de nada...
bjs

Sandra J. disse...

E eu aqui ignorante nem sei o que é isso. Mas não sou grande apreciadora de marisco...
Bjs

Pitucha disse...

Mhm, que saudades dos percebes!

piscoiso disse...

Sou um grande apreciador dessa espécie.
É mesmo o meu petisco predilecto para acompanhar cerveja.
A poluição da água do mar, tem-me refreado esses apetites.
Até porque são comidos quase crus, depois de rápida fervura.

kuka disse...

Rute,o Instituto Nacional De Formação Turistica costuma promover cursos de cozinha.Informa-te aí na Madeira.Piscoiso,tens razão,mas se tiveres a certeza que são desta zona,podes comer sem receio.

Gisa disse...

Querido amigo, acho que nunca havia ouvido falar em "percebes". Devem ficar muito gostosos mesmo.
Farinha de rosca, que vc perguntou no meu blog, é a farinha de pão torrado e moido até virar uma farinha grossa.
Eu torro o pão e depois passo no liquidificador aos poucos pra que a farinha não fique muito grossa.
Abraços aqui do Brasil.

alyia disse...

Isso é que não, obrigada!
Come tu os percebes (ou precebes ou percêbes ou lá o que é) e manda-me o outro marisco que como eu

Pluma(princesavirtual) disse...

Adoro percebes...mas prefiro fresquinhos... gosto do seu sabor intenso a «mar». beijos (recatados) da Princesa

Sorrisos da minha Alma disse...

:-) hummmm como eu gosto de percebes com picante e de preferencia com uma cerveja geladinha a acompanhar :-)

Elvira disse...

Gosto muito de "do you understand"! :-))

Mónica disse...

Olá Chefe Kuka!

Ainda a semana passada postei no meu blog uma receita de percebes, que coincidência! Temos gostos parecidos ;-)

Já agora permita-me meter a colher na sua conversa com a Gisa. Farinha de rosca para nós é pão ralado.

Boa semana...

kuka disse...

Obrigado Mónica,já tinha percebido isso pela explicação da Gisa.Nunca tinha ouvido falar em farinha de rosca,mas o termo é engraçado.Elvira,essa tradução é muito gira.LOL!

Nina disse...

Adoro percebes :p

Beijinhos :)

Pseudo disse...

Olha, olha! Já não ouvia falar deste marisco há imenso tempo. Fui pescá-lo em S.Jacinto (Aveiro) quando era adolescente, a acompanhar o meu pai e um amigo. De facto, não é fácil aguentar horas a "caçá-los" para serem degustados tão rapidamente.

Bífido disse...

Eu costumo fazer isso no alentejo... hum saudades...

Amélia disse...

Olá Chef,
O meu namorido é algarvio. Já o tinha ouvido falar desta "faina" solitária nas rochas, neste não sei mas em outros lugares do algarve. Por isso gostei muito da forma como tu homenageias os homens que apanham os percebes. São de facto uns atletas, uma forma de sustento, muito radical.
Quando estava grávida apetecia-me peixe, muito peixe e marisco. Lanchavamos percebes! Vinha aí um filho de alvarvio.
Beijinhos

Anónimo disse...

Ai os percebes da Vila que saudades. E de apanhá-los, na Carrapateira, no Murração (n sei se é assim q se escreve)!
Qd posso vou à Vila comê-los, ou compro-os vindos de lá!
Há lá uma tasca que os tem mt bons, e umas sandes de moreia optimas

Anónimo disse...

Vamos e venhamos que a aparência do BICHO é feia.......isso é!

Matos disse...

«Se este fosse considerado um desporto,sería com toda a certeza um desporto radical»

eu costumo meter umas malaguetas e sal, tem mais alguma sugestão para adicionar ao tempero ?

costumo apanhar os meus no Guincho e na Adraga, zonas também muito ricas nesse marisco...

Devo acrescentar que é o meu marisco favorito, e santolas ... gambas e lagostas não me atraem o apetite ...

p.s.: Sagres é lindo .

Anónimo disse...

Por coincidência vim para a este blog,e aproveitei para deixar o meu testemunho.Sou mariscador e adoro percebes uma dica"por água a ferver de preferência agua do mar com alho,louro e uma malagueta quando estiver a ferver juntar os percebes até voltar a levantar fervura" depois acompanhe com cerveja bem fria ou vinho branco,depende dos gostos.

Nucha disse...

Os percebes fresquinhos são do melhor marisco que já comi, sabem mesmo a mar, uma maravilha.

kuka disse...

Por aqui comem-se quentes.

Yolanda disse...

tótós sabem lá o qué bom os perçebes é o melhor marisco que a

Yolanda disse...

tótós sabem lá o qué bom os perçebes é o melhor marisco que a