domingo, novembro 19, 2006

BORREGO COM GRÃO



É um prato deliciosamente saboroso e, relativamente económico se for feito com pescoço e peito de borrego.Os talhos das grandes superfícies comerciais, fazem frequentemente, promoções de carne de borrego, só que, tem de o comprar inteiro ou em metades. Aproveite porque os preços são vantajosos. Peça ao talhante que corte e separe as peças do animal. As costeletas para grelhar ou fritar, ou até deixar o vão inteiro para assar, as pernas para assar no forno ou guizar, as mãos também são óptimas no forno (pessoalmente gosto mais do que das pernas, embora com menos carne, esta é mais suculenta) ou guizadas e as abas e o pescoço para ensopados, caldeirada, ou assim: com grão.





Retire com uma faquinha afiada, todos os bocadinhos de sebo da carne e peça para que retirem da perna, uma glândula a que vulgarmente se chama:"bedum" e que transmite mau sabor à carne. É retirada através de um golpe feito na zona da articulação(pode ver na foto).


Posted by Picasa

Corte a carne em pedaços e tempere, com sal, pimenta, colorau, louro, massa de pimentão e vinho branco.Aloure a carne em azeite e junte cebola picada e alho. Mexa envolvendo bem a carne com a cebola, junte também cenouras em rodelas, tomate em pedacinhos, o líquido da marinada e água(mantenha água ao lume, para ir acrescentando sempre que necessite). Deixe cozer bem a carne e misture-lhe grão cozido. Se não lhe apetecer cozer os granitos, compre desses dos frascos. Pelo menos não ficam cozidos demais ou de menos (como "balas"diz o meu pai). O essencial no borrego, é suprimir totalmente o sebo que lhe dá um sabor muito forte (como dizem as pessoas por estas bandas: "sabe muito a borregum". Perca um bocado de tempo e com jeitinho retire essas coisas que dão muito mau sabor.

16 comentários:

Tareca disse...

Que delícia Kuka!!!!
Cá pra mim grão marcha de qualquer maneira, nem que seja com azeite e vinagre.
Olha ... no sábado vou comprar bucho lá no "Bingalinha", ou achas melhor na sexta?

kuka disse...

É igual. São sempre bons.Só faltam 3 dias.lol!

Tareca disse...

Yes!!! Quinta depois do serviço ... ai vai ela de expresso!!!!

o avental disse...

Mestre, havia de ser o meu almoço hoje! Comia dois pratos cheios e bebia uma garrafa de Lagoa tinto. A seguir uma sesta de duas horas. Ah, vida madrasta!

Maria disse...

Bom dia!...então diga-me uma coisa se não se importa,borrego é a mesma coisa que cabrito?

Vou aproveitar e perguntar, se a caldeirada de cabrito é preparada como uma caldeirada normal e também se o dito cujo,fica cozido ao mesmo tempo que as batatas...

O Chaparro disse...

é bom, mas se me falares numa cabeça de porco com grão...é delicioso.
boa semana, kuka

homoclinica disse...

Por acaso há uns tempos que me apetece grão. Com este friozinho que às vezes se sente... Mas a meia-desfeita, o bacalhau já está muito visto. Esta é uma boa novidade e deve ligar muito bem o sabor do grão com o borrego bem tenrinho e os pedacinhos de tomate e de cenoura... hhumm já estou a imaginar!

Sandra J. disse...

Esta, eu passo ;)
Bjs

kuka disse...

Avental, faz isso! mas aconselho um bom Alentejano ou "Dão". combina muito melhor com o borreguito.

Não Maria, borrego é diferente de cabrito.
Borrego pertence à classe dos ovinos, é filho de ovelha e carneiro.
Cabrito(aqui no sul também chamam:"chibos")é caprino e é filho de cabra e bode.
Não é! primeiro tem de cozinhar a carne e só depois de cozida se juntam as batatas.

Chaparro, o grão é bom com tudo o que se lhe junte.

Homoclinica, tenho feito diferentes combinações e esta é a que resulta melhor. Penso que quando "inventaram" os borregos, inventaram também os grãos para lhes fazer companhia no prato.

Acho que a Sandra nunca comeu borrego. Se calhar provou algum carneiro velho e ficou com repulsa ao animal.

Santa Cita disse...

Eu, caro Kuka, sou maluco.

Não tenho os teus conhecimentos técnicos nem a paixão do "avental" por estas coisas da cozinha e da gastronomia. Digamos que sou um... amador informado.

Experimente, (se quiser, claro!) para retirar o "sabor a bedum" a seguinte "Técnica". Para além de comprar o borrego mais novo que estiver dísponível, eu sei que nem sempre é fácil, substituir o vinho branco por bom uísque.

Tareca disse...

Juntar à marinada um cadito (pouquinho) de vinagre, também resulta bem.
Quanto ao vinho ... oh Kuka, bebi um "ALVOR" da Qta do Morgado da Torre, acho que ficava aqui lindamente.

kuka disse...

Tá certo. Não conheço a técnica do uisque, mas tenho a certeza que se não tirar o sebo não há mezinha que lhe valha.
Tem razão vizinha. Esse casa aqui bem.

Anónimo disse...

Excelente escolha, Kuka!
Gosto muito de borreguito com grão. Às vezes faço com um caldo farto, para comer como se fosse sopa...com hortelã.
nnham nham.
Behinhos

colher-de-pau disse...

Por acaso também comi borrego no domingo... Mas o meu foi assadinho no forno.
Mas já cá canta a receita para fazer numa próxima vez!
E quanto ao "bedum" do borrego...estou com o Kuka! Se não o souberem limpar não existe mezinha caseira que tire aquele sabor horrível que faz tanta gente detestar borrego!
Graças a Deus os que como são todos caseirinho e arranjados por mãos experientes nesse campo!

Elvira disse...

Um prato que o meu marido iria adorar, de certeza! Vou imprimir a receita para fazer um destes dias.

Anónimo disse...

a minha esperiencia diz-me,depois de limpo o borrego mesmo velho,juntar 5,6,8, limoes em sumo com com pouca agua, pimentas, folhas de louro e sal,deixar da noite para o dia,nesta aguada de limao,no dia seguinte faz uma papa de massa de alho, 1 colher de massa de pimentao uma medida de azeite, novamente sumo de limao ,e barra o borrego com este preparado vai a estofar no fogao deixe apurar, ate cozer bem,sempre que precise deite um pouco de agua, e vinho, para ir apurando,e delicioso vera que nao sabe a borrego, tambem faço o frango no forno desta maneira,bom apetite.