domingo, janeiro 07, 2007

CARNE DO CHAMBÃO ESTUFADA



É a peça de carne de vitela de que mais gosto, muito suculenta, saborosa e de preço acessível.
Considerada carne de segunda, é para mim de primeira, relativamente ao sabor.
Nesta confecção, como aliás, em muitas outras, pode sempre acrescentar outros ingredientes de que goste mais, ou suprimir alguns de que não seja especial apreciador. Por exemplo: Se não gosta de tomate, não ponha! Fica bom na mesma! Gosta de ervilhas? Força! Vai ver que se cozinhar com prazer e com muito amor por aquilo que está a fazer, vai de certeza sair um petisco de babar



Corte a carne em nacos grossos (três ou quatro cm de espessura). Num tacho com azeite, sele os medalhões dourando-os de ambos os lados. Retire-os e no mesmo azeite refogue alho e cebola picada. Vá mexendo e o líquido libertado pela cebola irá deglassar os restos de carne que ficaram agarrados ao fundo do tacho. Se o líquido não for suficiente para esta operação, junte um pouquinho de vinho branco e a carne despegará com facilidade. Reponha os nacos de chambão no tacho, junte tomate picado, cenouras, louro, sal, pimenta e vinho branco. Deixe ferver um pouco para evaporar o álcool existente no vinho e cubra a carne com água. Deixe cozer em lume brando até que a carne esteja macia (vá acrescentando água ao longo da cozedura). Normalmente cozo-a durante duas horas ou mais porque quero-a muito tenrinha, quase a desfazer-se. No final junto cogumelos e deixo apurar o molho.

Posted by Picasa
Acompanhe com aquilo que mais gostar. As opções são inúmeras: Massa cozida (tagliatelle é uma boa escolha e é de cozedura muito rápida), batatas cozidas ou fritas. Ou como este das fotos que guarneci com arroz branco.

26 comentários:

Paula disse...

Estufadinho delicioso...

Tareca disse...

Bem-vindo ao Novo Ano. Desejo que te traga tudo de bom, como por exemplo esse estufadinho, que parece delicioso.

o avental disse...

Apoio-o vivamente, Mestre. É carne de 1.ª, classificada como de 2.ª. Não sabe o que fez quem determinou tal classificação, e ainda bem. É óptima para esses estufados lentíssimos (está belíssimo o seu), e também para cozer bem cozido, muito macio, ambos os usos comuns aqui, uma vez que sou eu que vou por ele. Um dia destes faço uma adaptação com chambão cozido, de sabor alentejano, a partir de uma receita afrancesada (mas simples e bastante boa) de Bento da Maia.

Rui Pedro disse...

Muito bom! Comia-se um óptimo chambão na cervejaria alemã na rua do alecrim, em Lisboa, que agora se tornou no Olivier.

Valentina disse...

Kuka, que delícia de prato. Tem que ser anotado.

turbolenta disse...

Olá Kuka
Costumo arranjar chambão da perna para estufar também lentamente.Acho-o uma delícia.Já tenho experimentado outras partes que o talhante diz serem boas, mas mais para variar,porque acabo por voltar sempre ao chambão. Também não gosto tanto da mão.Já agora: em termos culinários, qual a diferença entre estas duas peças de carne??(isto a nível de sabor).
********
Quanto ao KIKO, não é para cozinhar. Tem como função cantar, e bem.
Mas há quem goste de passarinhos fritos e dizem que são bons. Lembro-me de uma vez que o meu pai com uns amigos, resolveram apanhá-los lá no poço, com uma rede e uma lanterna, e depois....apareceram guisados com batatas...
Mas eu era miùda e não os provei.
Também não gosto sequer de codornizes.
Beijinhos
boas receitas

O Chaparro disse...

tem um aspecto suculento e apetitoso.

fiz o tal bolo de bolacha que me ensinaste n ano novo e foi um sucesso. é mesmo bom!

jms disse...

Como visitante assíduo, gostaria muito de vos receber em www.hojehapipis.blogspot.com.

A Taste in Heaven disse...

Adoro passar por aqui e ver as novidades... Sempre me inspira muito ler seus posts com receitas deliciosas, e a maneira inteligente e didática que escreve. Essa carne deve ficar mesmo muito saborosa!

Feliz 2007!
Vivianne

Carla Isabel disse...

Amigo

Eu não como carne!!!

Podes dar algumas recitinhas de peixinho, assim deliciosas!

Bjs
Carla

Sorrisos da minha Alma disse...

Adoro estufados :-))
Faço tanta vez
Beijos

Um bom ano para ti

Baby disse...

Depois me dirás qual a marca do teu fogão.
O meu não consegue fazer nada de jeito!
E quando teremos a sorte de sermos convidados (cada a pagra a respectiva taxa) para um do steus petiscos?
Um bom fim de semana.
Moiro do Barlavento

Sandra J. disse...

Desculpa lá a minha ignorância: o chambão é da perna da vaca, nao é?
É que tem muito bom aspecto.
Bjs

O Chaparro disse...

bom fds, mestre kuka

O Chaparro disse...

bom fds, mestre kuka

Amélia do Benjamim disse...

Chambão estufado, que delicia. Também gosto de rabo de boi. É comida caseira, cheira-me a família!
Looll
Beijinhos

Paula19 disse...

Mais uma para experimentar.
Parece deliciosa.

Elvira disse...

Parece realmente muito saboroso! :-)

turbolenta disse...

boa semana
muitos bons petiscos
bjs

June disse...

Faço-o muitas vezes. É parecido com o seu. Só lhe acrescento alho francês cortado em rodelas muito grossas. Fica uma delícia.

Ludinais disse...

Ai estes prazeres da carne...:-))

Há muito tempo que não faço um estufado "prolongado" e prazeiroso destes. Aberto o apetite, tenho que voltar a fazer, em especial com os "acrescentos" do Kuka!

Pluma(princesavirtual) disse...

Nhannn nhannnnn que fomeca...cada vez que aqui venho ...fico a aguar :)

Beijinhos Kukita

lifeyes disse...

aleluia!!!!!! :D
Estava dificil chegar cá, mas finalmente cheguei :)
Que saudades eu tinha destes "abre-me o apetite"

olá Kuka ***

O Vizinho disse...

Comecei a visitar-te só depois da refeição...
Vir cá com a barriga vazia está fora de questão, parqa sofrimento já nos basta o governo!

Mónica disse...

olá Chefe,

o chambão está muito bonito mas já tou enjoada.

Vá lá... espero por novidades!

Não me diga que anda à conquilha na Costa ou aos canivetes em Setúbal, ihihih...

Beijinhos e Bons cozinhados

Baby disse...

Prazer voltar a "ver-te", KuKa!
E as receitas sempre tão gostosas..., mesmo os que não gostam de cozinhar,(o k não é o meu caso) se sentirão tentados a experimentar.
Obrigada pela visita ao Barlavento, mas olha que a inspiração para aquele poema não veio do Algarve...O Poeta é do Norte, mas que é um grande poeta, ninguém duvida.
Bjs.